Fonte da Alameda

IPA.00001708
Portugal, Braga, Braga, União das freguesias de Braga (Maximinos, Sé e Cividade)
 
Arquitectura infraestrutural, barroca. Fonte barroca de espaldar rectangular, adossada em muro encimado por urnas e pináculos, com nicho central, bica carranca e taça concheada, rematada por urnas e pináculos ladeando platibanda com acrotério e cruz.
Número IPA Antigo: PT010303520105
 
Registo visualizado 165 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Hidráulica de elevação, extração e distribuição  Chafariz / Fonte  Chafariz / Fonte  Tipo espaldar

Descrição

Fonte de espaldar, rectangular, em cantaria, adossada a muro, mais baixo, rebocado e caiado, com pilastras nos cunhais e cornija encimada por conjunto de quatro urnas entre dois pináculos, em cada um dos lados. O espaldar, percorrido por possante embasamento e moldura recta superior, interrompida ao centro, é enquadrado por pares de pilastras, as extremas com aletas, definindo cunhais, e rematado por entablamento onde assentam dois pares de urnas e pináculos a ladear platibanda, decorada por urna em baixo-relevo, encimada por cruz sobre acrotério. Possui nicho central, em arco de volta perfeita sobre pilastras, molduradas e decoradas lateralmente com dupla espiral e folhagens, que alberga figura de São Marcos com o livro assente em mísula, sobre bica carranca envolta por concha de cuja boca jorra água para uma pequena taça concheada, situada imediatamente abaixo. Na frente, afastado do espaldar, tanque oitavado, em cantaria, que recolhe parte da água que cai da taça.

Acessos

Urbanização das Parretas; Alameda da Fonte

Protecção

Enquadramento

Urbano, isolado, no limite S. de uma alameda, arborizada e relvada, com passeios empedrados, rodeada de prédios de habitação.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Hidráulica: chafariz

Utilização Actual

Cultural e recreativa: fonte ornamental

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 18 - Edificação da fonte; séc. 20 - provável transladação para o local que ocupa actualmente *2.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante de cantaria.

Materiais

Estrutura de granito; bica tubular em ferro.

Bibliografia

FERREIRA, José (Ed.), Braga - Freguesias 97, Braga, 1997, pp. 108 - 109.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGEMN: DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

A água desta fonte encontra-se, actualmente, imprópria para consumo, como indicam duas placas de metal colocadas no muro e no espaldar; *2 - a fonte poderá ter sido transladada, eventualmente de um edifício religioso da região. A pesquisa realizada não nos revelou, todavia, qualquer pista.

Autor e Data

João Santos / António Dinis 1998

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login