Igreja Paroquial de Giões / Igreja de Nossa Senhora da Assunção

IPA.00017057
Portugal, Faro, Alcoutim, Giões
 
Arquitectura religiosa, quinhentista, renascentista, neo-clássica e barroca. Igreja paroquial do tipo igreja salão de três naves e quatro tramos, separados por colunas com capiteis toscanos; portal renascentista em cantaria de verga curva, emoldurado por pilastras e em cortina; retábulo-mor neo-clássico com tribuna e colunas estriadas; tecto da capela-mor barroco em abóbada pintada, com imagem da padroeira ao centro.
Número IPA Antigo: PT050802020010
 
Registo visualizado 81 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta longitudinal composta por três naves e quatro tramos, capela-mor, sacristia e anexo a N.; volumes escalonados com cobertura diferenciada em telhado de duas águas para nave, capela-mor e sacristia, e uma água para anexo a N., com remate em beirado. Fachada principal a O. de pano único com lambrim e cunhais pintados de azul, de dois registos definidos por cornija caracterizados por portal de cantaria em arco a pleno centro com acesso por três degraus circulares, emoldurado por pilastras encimadas por meios pináculos, e remate em cortina com enrolamentos nos extremos; segundo registo com cornija rampante e frontão triangular ladeado por pináculos e encimado por cruz de ferro sobre pedestal, emoldurando janelão rectangular em alvenaria recta pintada de azul; ladeada a N. por sineira de quatro vãos com óculo gradeado no primeiro registo, rematada por cornija e quatro pináculos e cobertura em cúpula de bolbo achatada. Fachada lateral N. caracterizada por anexo de piso térreo, adossado a sacristia, ladeado por cunhais e lambrim, com porta de acesso por dois degraus e cinco janelas a N. e uma a O., e porta a E. ladeada por janelas rectangulares. Fachada lateral S. com lambrim e cunhal a O. caracterizada por porta em cantaria e em arco a pleno centro de acesso por quatro degraus. INTERIOR: amplo, igreja salão; cobertura em masseira para naves e abóbada de canhão para capela-mor; iluminada por janelão sobre portal principal e por óculo no baptistério. Lado da Epístola: porta em capialço para exterior; retábulo de Cristo Crucificado, em madeira pintada de castanho e beije, sobre frontão de altar em forma de sarcófago, ladeado por duas telas e colunas caneladas sobre plinto, com capiteis jónios encimados por pináculos piramidais, rematado em frontão triangular. Lado do Evangelho: baptistério sobre sineira com pia baptismal em cantaria; púlpito de caixa quadrangular em madeira polícroma decorado geométricamente em tons de castanho e beije, sobre fina coluna; retábulo idêntico ao de Cristo Crucificado, com imagem sobre peanha piramidal, finas colunas com torsão canelada a 2/3, com capitéis jónicos, rematado em frontão triangular; e confessionário em madeira. Arco triunfal de cantaria em arco a pleno centro partindo de mísula, ladeado por dois retábulos colaterais iguais em madeira polícroma em tons de castanho e beije, caracterizados por frontão de altar em forma de sarcófago, três peanhas piramidais onde assentam três imagens, ladeadas por pilastras de base hexagonal, caneladas, com capiteis jónicos encimados por pináculos piramidais, e remate em frontão de formas curvas encimado por cruz de madeira. Capela-mor caracterizada por: cadeiral de madeira em cada um dos lados; porta do lado esquerdo para sacristia; mesa de altar em madeira; frontão de altar em caixa, de madeira, com pintura da "Última Ceia" ao centro; retábulo-mor caracterizado por tribuna central com trono, ladeada por dois pares de colunas caneladas, sobre modilhões, envolvendo peanha piramidal onde assenta imagem, encimadas por capiteis compósitos, entablamento.

Acessos

Largo do Pinheiro

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, isolado, meia encosta, com anexo a N., flanqueado na fachada E. por terrenos agrícolas e pelo depósito de água.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese do Algarve)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16 / 18 / 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 16 - construção da Igreja; Séc. 18 - provável data de execução tecto capela-mor; Séc. 19 - execução retábulo-mor.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Alvenaria, cantaria, telha, madeira nas portas, janelas, tecto e retábulos.

Bibliografia

Câmara Municipal de Alcoutim, Um Olhar Sobre as Igrejas de Alcoutim, Núcleo Museológico de Arte Sacra, 2000.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Patrícia Viegas 2000

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login