Forno Romano de Monte do Poço

IPA.00017043
Portugal, Faro, Loulé, Salir
 
Arquitectura civil, romana. Forno de secção quadrangular, com um prolongamento rectangular para O. e provavelmente outro para E., organizado a uma altura de, pelo menos, dois registos, com uma boca de arco de volta perfeita, virada a S.. Construção em tijolo e adobe, associada a um complexo mais vasto de que hoje restam apenas vestígios.
Número IPA Antigo: PT050808070042
 
Registo visualizado 279 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Extração, produção e transformação  Forno    

Descrição

Planta quadrangular regular. Volume simples disposto verticalmente, desconhecendo-se a cobertura original, por a parte superior do imóvel estar destruída. Alçado principal virado a S. organnizado a dois registos de um corpo único; primeiro registo ocupado pelo arco que dá acesso ao forno, de volta perfeita, com aduelas em tijolo tipicamente dispostas, em cunha vertical; segundo registo sem qualquer elemento de realce. Fachadas laterais E. e O. muito destruídas, apresentam vestígios de dependências anexas ao nível do primeiro registo, conservando-se o segundo registo, sem elementos assinaláveis. Fachada posterior, virada a N., conserva dois registos, mas trata-se de uma massa murária compacta. INTERIOR: Interior do forno completamente entulhado de material e de terras, sendo impossível observar a abóbada que o cobre. Impossibilidade em determinar as dependências que se anexavam a E. e a O. e consequente articulação de corpos de um mesmo edifício. Cota actual da via pública, alcatroada, muito acima do nível de época romana, fazendo com que o primeiro registo do imóvel esteja praticamente soterrado. Grande quantidade de vestígios a E. e a O., conservando-se estruturas ao nível do primeiro registo do forno, também elas muito destruída e com acentuado nível de soterramento.

Acessos

EN Silves - Loulé; no sentido Barranco do Velho - Salir (Km 59) virar à direita, no sentido N.; forno a cerca de 500m. VWGS84 (graus decimais) lat. 37,241816 long. -8,046038 (ao lugar).

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Rural, vale, ribeirinho. Antigo forno implantado numa zona bastante irrigada, com três cursos de água nas imediações, dois deles hoje encanados e outro, mais amplo, delimitado por muros, numa situação urbanística proto-urbana. Localiza-se fronteiro ao Castelo de Salir (v. 0808070041), para N. e relativamente perto da estação arqueológica da Torrinha, a E. da vila de Salir. Construção no vale, ladeado, pelo lado O., por um longo declive que conduz ao topo de Monte do Poço (topónimo mais próximo) e, pelo lado E., por um longo vale de propriedades privadas em regime de minifúndio. Para N. a mesma envolvência minifundiária, numa extensão de aproximadamente 1Km.. Implantação num terreno privado, que foi já cultivado, mas que se encontra sem qualquer tratamento.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Extração, produção e transformação: forno

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Época romana

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

Séc. 3 - 4 - Construção do imóvel.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante

Materiais

Tijolo; adobe; tijoleira

Bibliografia

Documentação Gráfica

DGEMN: DSID

Documentação Fotográfica

DGEMN: DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Nada a assinalar

Observações

*1 - Extensão dos vestígios arqueológicos por determinar, dada a concentração de materiais dispersos pelo local e a extensão da cobertura vegetal, que se prolonga pelos terrenos anexos

Autor e Data

Paulo Fernandes, 2001

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login