Fonte de Santo António

IPA.00016970
Portugal, Braga, Braga, União das freguesias de Real, Dume e Semelhe
 
Arquitectura civil pública, barroca, com reaproveitamento de elementos quinhentistas. Fonte de espaldar quadrangular, rematada por frontão de aletas volutadas, com nicho ao centro com imagem de pedra. No espaldar bica carranca, pedra de armas e pia gomada.
Número IPA Antigo: PT010303370063
 
Registo visualizado 135 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Hidráulica de elevação, extração e distribuição  Chafariz / Fonte  Chafariz / Fonte  Tipo espaldar

Descrição

Fonte com espaldar quadrangular, rebocado e pintado de branco, definido por pilastras sobrepujadas por pináculos, e rematado por cornija recta, em cantaria, que suporta um frontão de aletas volutadas, com nicho central, em arco de volta inteira, com imagem de Santo António, enquadrado por pilastras toscanas e rematado por friso e cornija recta que suporta pináculo sentre duas aletas. No centro do espaldar, bica carranca *1 de onde jorra a água para pia gomada, sobrepujada pelo brasão do Arcebispo D. Diogo de Sousa.

Acessos

Lugar da Igreja

Protecção

Incluído na Zona de Protecção da Capela de São Frutuoso ( v. PT010303370014)

Enquadramento

Rural, integrada no muro da antiga cerca do Convento de São Francisco (v. PT010303370061), ladeando o amplo adro da igreja, junto à Capela de São Frutuoso. Acesso por escada de pedra, de dois lanços, com patamar intermédio.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Hidráulica: chafariz

Utilização Actual

Hidráulica: chafariz

Propriedade

Privada: Igreja Católica

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16 / 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1523 - Construção, por ordem do Arcebispo de Braga, D. Diogo de Sousa, de uma fonte com as suas armas, na parede da cerca do convento, "para a parte da cidade em benefício dos que hião e vinhão para o mesmo convento" (SANTIAGO 1762); 1746 - Fr. Manuel de Ferreira, guardião do convento, transferiu a fonte para o terreiro da entrada, concertando e fazendo de novo todos os canos de pedra.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante de cantaria com aparelho pseudo-isódomo.

Materiais

Estrutura e elementos decorativos de granito; bica tubular em ferro.

Bibliografia

THADIM, Manoel Joze da Silva, Diário Bracarense das Epocas, Fastos e Annaes mais remarcaveis, Braga, 1748, (manuscrito); SANTIAGO, Fr. Francisco, Chronica da Santa Província de N. Senhora da Soledade, tomo I, 1762, p. 500 (manuscrito); FERREIRA, Monsenhor J. Augusto, Fastos Episcopaes da Igreja Primacial de Braga (séc. III - séc. XX), tomo III, Braga, 1931, p. 390; COSTA, Luis, São Jerónimo de Real. Subsídios para a história desta freguesia, Braga, 1995; NÓBREGA, Vaz Osório da, Pedras de Armas e Armas Tumulares do distrito de Braga, vol. I, tomo I, Braga, 1971, p. 259.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGEMN: DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - A carranca fazia parte da antiga fonte da porta de São Francisco da cidade de Braga (COSTA 1995, p. 62); *2 - a água desta fonte encontra-se, actualmente, imprópria para consumo.

Autor e Data

António Dinis 1999

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login