Casa no Largo de São Vicente, n.º 1 a 2

IPA.00001480
Portugal, Guarda, Guarda, Guarda
 
Casa unifamiliar seiscentista, de planta rectangular, evoluindo em dois pisos, apresentando elementos de transição do séc. 16 para o 17. Fachada e cornija em cantaria, com portal em arco recto ladeado por pilastras caneladas. Janela de ângulo mainelada, semelhante à existente no Prédio na R. D. Sancho I n.º 18-22 e Lg. do Paço do Biu (v. PT020907410019). Molduras em meia-cana nos vãos. Gárgulas de canhão estriadas. Elementos característicos de uma casa abastada, como porta de duas folhas no piso térreo, destinado a fins comerciais ou a armazém de produtos agrícolas. Janela de ângulo mainelada.
Número IPA Antigo: PT020907410013
 
Registo visualizado 124 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa    

Descrição

Planta rectangular irregular, com cobertura homogénea a duas águas, massas dispostas horizontalmente. Fachada principal virada a S., sem embasamento, com pano único e dois registos, o primeiro rasgado por portal rectilíneo, subdividido, com moldura em meia-cana, ladeado por duas pilastras caneladas e com bastonetes no terço inferior. Encontra-se encimado por cornija. Porta lateral com moldura lisa. No segundo registo, três janelas com moldura em meia-cana, unificadas por friso superior comum. Janela de ângulo com moldura em meia-cana, mainel canelado com bastonetes no terço inferior, encimada por cornija. Caixilharias das janelas de guilhotina. Cornija saliente com três gárgulas de canhão estriadas. Fachada E. sem embasamento, com pano único e dois registos, o primeiro rasgado por janela emoldurada em meia-cana, ladeada por fresta horizontal, enquanto o segundo possui janela com moldura em meia-cana, encimada por friso, e ladeada por duas janelas de moldura simples. Caixilharias de guilhotina e remate em cornija saliente. Fachada posterior, voltada a S., é de alvenaria, cega no primeiro registo e apresentando duas janelas sem moldura, no segundo. INTERIOR tem, no piso térreo, duas salas e cozinha constituindo anexo no logradouro, correspondendo ao restaurante, um compartimento destinado a arrumos e escadaria de duplo lanço, com coluna de capitel simples no ângulo e guardas de cantaria, de acesso ao piso superior. Este tem três salas voltadas a S., duas delas integrando armários de cantaria embutidos na caixa murária e com decoração concheada. Existência de conversadeiras. Segue-se uma sala virada a E., dois compartimentos, cozinha e instalações sanitárias viradas a N. e lanço de escadas de madeira de acesso ao sotão. Cobertura em tectos de caixotão único.

Acessos

Largo de São Vicente, n.º 1 a 2. WGS84 (graus decimais) lat.: 40,540216, long.: -7,268103

Protecção

Categoria: IM - Interesse Municipal, Decreto nº 129/77, DR, 1ª série, nº 226 de 29 setembro 1977

Enquadramento

Urbano, flanqueado, situa-se no centro histórico intra-muralhas, na zona E.. Edifício de gaveto, com frente para Largo de São Vicente e para antiga Rua Direita, adossado lateralmente a edifício em ruínas e fronteiro à Igreja de São Vicente (v. PT020907410021).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Comercial: estabelecimento de restauração / Devoluto

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16 / 17 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 16 / 17 - construção do imóvel, segundo data (1700) gravada num bloco de cantaria da fachada E.; séc. 19 - data da provável subdivisão interna com paredes de tabique; séc. 20, 1ª metade - intervenção no imóvel.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes; tectos de caixotões e plano

Materiais

Granito, cantaria e alvenaria; madeira, aparelho isódomo; revestimento: inexistente, reboco interior, telha de meia-cana

Bibliografia

DIONÍSIO, Sant'Ana, Guia de Portugal, Lisboa, 1924; RODRIGUES, Adriano Vasco, Monografia Artística da Guarda, Guarda, 1980.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

Séc. 20, 1.ª metade - colocação de teia de cimento nas juntas da cantaria.

Observações

*1 - é provável que originalmente pertencesse a família judaica.

Autor e Data

Margarida Conceição 1991

Actualização

Paula Figueiredo 2001
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login