Palacete do Visconde Ferreira de Lima

IPA.00010523
Portugal, Lisboa, Lisboa, Campo de Ourique
 
Palacete urbano oitocentista burguês, definido por massa compacta paralelepipédica, com 4 pisos (um deles ao nível da cobertura). O palacete constitui-se como paradigma do típico palacete urbano oitocentista burguês, cuja tipologia concilia soluções ainda características do palácio setecentista, com outras dos prédios de rendimento, entretanto em expansão e específicos do século 19.
Número IPA Antigo: PT031106300651
 
Registo visualizado 369 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa  Palacete  

Descrição

Planta rectangular, massa simples paralelepipédica, cobertura efectuada por telhado a 3 águas, e por janelas trapeiras, do lado SO.. De 4 pisos (um deles ao nível da cobertura), o edifício exibe alçados mais visíveis integralmente revestidos a azulejo policromo de padrão de fabrico industrial (alçado principal e lateral NO.) e os alçados lateral SE. e posterior, em reboco pintado, com cunhais de cantaria. Marcado pela abertura de vãos com emolduramento simples de cantaria, a ritmo regular, alçado principal a SO., com piso térreo rasgado pela abertura de 2 portais, sensivelmente a eixo (e um outro no extremo O.) e janelas de peito de verga curva. Separado por friso de cantaria, o andar nobre diferencia-se pela morfologia dos vãos, aqui definidos por janelas de sacada de verga recta (servidas por varandins com base em cantaria e guarda metálica em ferro fundido) intercaladas com 2 janelas rectangulares de peito. O último andar é assinalado por janelas de peito, também observadas no alçado lateral NO.(com embasamento reforçado por contraforte). O edífício é superiormente rematado por cornija, acima da qual se eleva platibanda em muro (interrompida ao nível do alçado principal por 2 trapeiras). O alçado posterior, articula com terraço de planta rectangular, podendo reconhecer-se parte do antigo terraço, composto por zona delimitada por muro revestido a azulejo oitocentista de padrão, com conversadeiras, disposta contiguamente ao referido alçado *1. Com acesso principal coincidente com o portal mais a E., no INTERIOR reconhecem-se como principais elementos de distribuição e organização da compartimentação interna *2, vestíbulo de planta rectangular articulado, por meio de arco de volta perfeita em cantaria, com caixa de escada, que integra escadaria conducente aos pisos superiores.Ao nível do 3º andar, no extremo No. regista-se escada de serviço articulada com clarabóia, que assegura o acesso aos compartimentos localizados ao nível da cobertura. Do conjunto destaca-se a caixa da escada, com clarabóia, cujos muros se apresentam animados por pintura decorativa em trompe l'oeil e de marmoreados. Nos 2 pisos superiores, articulados por meio de escadaria de lanços rectos opostos com patamares intermédios e guarda metálica, merecem atenção os compartimentos orientados para o alçado principal e alçado lateral NO., pelas decorações dos tectos - ora pintados ora com estuques de baixo relevo.

Acessos

Rua Saraiva de Carvalho, n.º 4 a 10; Rua de São Joaquim

Protecção

Parcialmente incluído na Zona de Proteção do Liceu de Pedro Nunes (v. IPA.00007048)

Enquadramento

Urbano, rematando quarteirão (definido pela Rua Saraiva de Carvalho e Rua de São Joaquim) correspondendo a um alargamento de uma artéria principal do bairro. Na proximidade da Igreja de Santa Isabel (v. PT031106300652) e em posição fronteira do Palácio do Barão de Linhó (v. PT031106300653)

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Política e administrativa: junta de freguesia / Cultural e recreativa: associação cultural e recreativa

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

Séc. 19, 2ª metade - contrução do edifício, destinado a residência de José António Ferreira de Lima (1808 - 1883), 1º visconde de Ferreira de Lima desde 1880, e de sua esposa, D. Amélia Augusta de Campos; 1883 - por falecimento do 1º visconde, o imóvel passa para a posse de seu filho primogénito e herdeiro, Francisco de Campos Ferreira de Lima (1860 - 1946), 2º visconde; 1946 - por falecimento do 2º visconde, o palacete torna-se propriedade de seu filho e herdeiro, José de Amorim Ferreira Lima (1893 - 1967?), 3º visconde; 1966 - por doença do proprietário é instalado um ascensor no interior do edifício; década de 80 - funciona no edifício o Grémio de Instrução Liberal de Campo de Ourique; década de 90 - instala-se no imóvel a Junta de Freguesia de Santa Isabel.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes.

Materiais

Alvenaria mista, reboco pintado, cantaria de calcário, estuque, ferro forjado, madeira, vidro, azulejos.

Bibliografia

CONSIGLIERI, Carlos, RIBEIRO, Filomena, VARGAS, José M., ABEL, Marília, Pelas Freguesias de Lisboa. Santo Condestável, Santa Isabel, São Mamede, Coração de Jesus, Lisboa, 1995

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID; CML

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

CML: Arquivo de Obras, Procº nº 12687

Intervenção Realizada

PROPRIETÁRIO: 1926, Novembro - reparações interiores e exteriores de um muro do quintal; 1938, Abril - reparação da cobertura; 1941, Fevereiro - recolocação de azulejos na fachada; 1943, Julho - obras gerais de beneficiação; 1947, Junho - projecto de alterações exteriores e interiores; 1957, Julho - alteração de vãos de porta e de janela; 1958, Junho - pintura exterior das portas de acesso; 1960, Maio - obras de beneficiação e limpeza geral; 1966, Dezembro - montagem de ascensor; 1967, Maio - obras simples de conservação; 1968, Julho - obras gerais de beneficiação e limpeza.

Observações

*1 - neste existe ainda um lago que se encontra entaipado, dadas as actuais funções do mesmo, destinado a zona para crianças. *2 - na sequência da demolição de algumas paredes e construção de outras, bem como da necessidade de adaptação à actual ocupação do imóvel, é difícil reconhecer com clareza, o tipo primitivo de organização do mesmo. *3 - ainda existentes na década de 70 e entretanto demolidas.

Autor e Data

Teresa Vale, Maria Ferreira e Sandra Costa 2001

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login