Notícias

Pesquisa Avançada

Gonçalo Ribeiro Telles (1922-2020)

quarta-feira, 11 de Novembro de 2020
 

No passado dia 11 de novembro, quarta-feira, faleceu, em Lisboa, Gonçalo Ribeiro Telles, aos 98 anos de idade.

Um arquiteto paisagista cuja obra e contribuições ao longo da vida foram de um impacto incomparável e duradoiro no bem-estar da sociedade e do ambiente, na promoção da sua profissão e no desenvolvimento de uma consciência ecológica.

Gonçalo Pereira Ribeiro Telles nasceu em Lisboa, a 25 de maio de 1922, filho de Joaquim Ribeiro Telles, médico veterinário e oficial do exército, e de Gertrudes Guilhermina Gonçalves Pereira Ribeiro Telles.

A sua juventude foi passada entre Lisboa e Coruche.

Licenciou-se em Engenharia Agrónoma e formou-se em Arquitetura Paisagista, no Instituto Superior de Agronomia, onde iniciou a vida profissional como assistente e discípulo de Francisco Caldeira Cabral, pioneiro da disciplina em Portugal, em meados do século XX.

Casou, em 1953, com Maria da Conceição Gonçalves e teve cinco filhos: Francisco, Gonçalo, Eugénia, Miguel e Rita.

Na Câmara Municipal de Lisboa integrou, desde 1951 até 1953, a Repartição de Arborização e Jardinagem, passando, em 1955, para o Gabinete de Estudos de Urbanização, dirigido pelo engenheiro Guimarães Lobato, como arquiteto paisagista, onde permaneceu até 1960.

Gonçalo Ribeiro Telles (1922-2020)
 
Registo| Login